Hacienda de San Rafael - Sevilha, Espanha

Aldeias brancas

  • foto andalucia (92)

As colinas escarpadas conhecidas como Serra de Cádiz são densamente arborizadas com pinheiros e sobreiros. Aqui, agarrando-se precariamente às margens do rio, desfiladeiros profundos ou empoleiradas em penhascos rochosos, existem uma série de fascinantes cidades fortificadas conhecidas simplesmente como "los pueblos blancos" as aldeias brancas. Todos os anos os moradores lavam as suas casas de branco, criando um contraste surpreendente com as ruas cheias de flores. Eles ainda trazem a marca da sua função defensiva dos sécs 13 a 15, com fortificações arruinadas e as paredes que delimitam a antiga fronteira (frontera) dos reinos cristãos e muçulmanos. O parque circundante das aldeias é o lar da cabra montês, veados e javalis selvagens e nos céus acima pode-se ver muitas vezes grifos, bem como, águias doradas ou de garra-curta. Vale bem a pena visitar estas aldeias e criamos alguns dos nossos tours favoritos com sugestões de coisas para ver e fazer, bem como pontos recomendados para se comer. Peça na recepção por direções detalhadas de condução.

Arcos de la Frontera

Arcos de la Frontera, é apenas uma meia hora de carro da Hacienda e é famosa pelo seu património arquitectónico, uma mistura de árabe, gótico, renascentista e design neoclássico. A cidade velha é um labirinto de pequenas ruas onduladas boas para explorar. A Plaza del Cabildo vale a pena visitar e é onde você vai encontrar o castelo, a basílica de Santa Maria e o hotel Parador, onde você pode parar e tomar uma bebida enquanto aprecia as vistas magníficas sobre a paisagem circundante. El Convento de las Monjas Mercedarias remonta ao século 17 e era a prisão da cidade, é o único remanescente convento em Arcos e ainda é lar de freiras. Elas são bem conhecidas pelos biscoitos e bolos que fazem e que podem ser comprados a partir do convento.

  • foto andalucia (82)

El Bosque

El Bosque fica na entrada do Parque Natural Grazalema. O rio Majaceite  atravessa a aldeia e fornece água corrente para a exploração de trutas, que pode visitar, também fornece energia hidreolétrica para Molino Abajo, um moinho de farinha museu do séc 18, que ainda está em condiçoes de trabalho. A área é boa para caminhadas e há uma boa caminhada que começa a partir da exploração de trutas (piscifactoria) e segue o rio para aprox 5 km para Benamahoma. Por favor, pergunte na recepção se você gostaria de um mapa.
Restaurantes: Meson el Tabanco

Grazalema

Grazalema considerada por muitos como a aldeia Branca exemplar, situa-se quase três mil pés acima do nível do mar e outrora famosa por sua indústria de tecelagem, embora, infelizmente, hoje apenas reste um moinho; la Antigua Fabrica de Mantas (um pouco além do Hotel Peñon Grau), que faz cobertores , mantas, tapetes e xailes todos os que são vendidos na loja. Existem alguns passeios fantásticos na paisagem circundante, informe se na recepção se estiver interessado.
Festas: Romaria de San Isidro (padroeiro da zona rural) 24 Maio  Touros de cuerda (corrida de touros pelas ruas da vila) 1, 2, 3 de julho  Fiesta del Carmen julho
Restaurante: el Simancon

  • IMG_2221
  • IMG_2225

Zahara de la Sierra

Zahara de la Sierra, digno de uma visita em que o acesso se faz por uma estrada de montanha peculiar desde Grazalema. O seu castelo de Mouros é um ponto focal da aldeia. Abaixo existe um reservatório, com vistas incríveis, onde você pode nadar no verão. Se você quiser ver um moinho tradicional de azeite em operação, pode visitar El Molino Vinculo fora da aldeia, que oferece visitas guiadas. Por favor, verifique com a recepção.

Restaurante: Al Lago, uma paisagem deslumbrante, com vista para o lago a partir do terraço, onde pode saborear um almoço, jantar ou tapas inovadoras. Chef Stefan Crites, que treinou em Nova York por muitos anos, re-interpreta alguns clássicos da culinária da Espanha com um toque criativo e exótico utilizando vegetais orgânicos locais, carne de qualidade superior e peixe fresco dos mercados de Cadiz.
Festivais: Corpus Christi 26 de junho  (vale a pena ver, as ruas estão repletas de palmeiras e flores), Romaria de quinze dias Bocaleones 02 de maio, Romaria de San Juan, segunda quinzena de junho, feiras de Agosto apartir da terceira semana.

Villaluenga del Rosario

Villaluenga del Rosario, Se você sentir vontade de comprar um pouco de queijo realmente excepcional, este é o lugar para ir. Queso Payoyo é um queijo local produzido aqui. O seu nome deriva da cabra Payoyo nativa da serra e é considerado um dos melhores queijos da Espanha.

Reservas

Corral del Rey Francês Bravo Turismo PURE